Dia 28 de abril o Brasil é dia de paralisação nacional! Contra a Reforma da Previdência! Contra a Reforma Trabalhista! Por reajuste salariais dignos! Nenhum direito a menos!

SINPRO GOIÁS e SINEPE celebram reajuste salarial antecipado

SINPRO GOIÁS - REAJUSTESALARIAL00001

Diante desse cenário de agravada crise econômica que penaliza o povo trabalhador brasileiro com desemprego, e das investidas do atual governo contra os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, notadamente a Reforma que planeja desmontar a Previdência Social, a Trabalhista que pretende rasgar a CLT, e a Terceirização que visa precarizar ainda mais as relações de trabalho no Brasil, o clima geral é de insegurança. Por esse motivo, as dificuldades no processo negocial dos sindicatos, pelo país a fora, também são muito maiores.

Mas aqui em Goiás, o Sindicato dos Professores do Estado de Goiás – SINPRO GOIÁS tem não tem medido esforços, apoiado pela Federação a qual é filiado(Fitrae-BC), para antecipar o processo negocial com os sindicatos patronais dos estabelecimentos de ensino particulares da Educação Básica no estado de Goiás – SEPE (capital) e SINEPE (Aparecida e interior). Nos últimos seis anos, nossa luta tem sido direcionada para o ganho real de salários, com ênfase na melhoria do piso salarial e nas condições de trabalho dos professores e professoras do setor privado do nosso estado.

Tendo em vista que a data-base dos professores do setor privado de ensino é 1° de maio, o SINPRO GOIÁS conseguiu mais uma vez celebrar acordo de antecipação do reajuste salarial no índice de 6% com o SINEPE, a ser aplicado ainda neste mês de março de 2017 nos salários dos professores das escolas particulares de Educação Básica de Aparecida de Goiânia e no interior do Estado de Goiás. Um reajuste acima da inflação (INPC) que hoje está acumulada até fevereiro de 2017 em 4,69%.

Em relação ao Piso Salarial, o reajuste é de 7%, passando a valer nominalmente, neste mês de março,R$12,09 (doze reais e nove centavos) a hora/aula para os professores de Aparecida de Goiânia e, R$11,62 (onze reais e sessenta e dois centavos) para os professores dos demais municípios do interior, pertencentes à base do SINPRO GOIÁS

Confira a tabela para pagamento de piso (valor mínimo para hora/aula) em Aparecida de Goiânia:

Hora/aula Valores
10 horas R$ 634,72
20 horas R$ 1.269,45
30 horas R$ 1.904,17
40 horas R$ 2.538,90

 

Confira a tabela para pagamento de piso (valor mínimo para hora/aula) para demais Municípios Goianos pertencentes à base do SINPRO GOIÁS:

Hora/aula Valores
10 horas R$ 610,05
20 horas R$ 1.220,10
30 horas R$ 1.830,15
40 horas R$ 2.440,20