Manipulação de correção do FGTS faz trabalhadores perderem bilhões de reais

Os trabalhadores brasileiros perderam bilhões de reais, entre os anos de 1999 e 2012, com a manipulação da Taxa de Referência (TR), que aplicada na correção do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Com base nessa constatação a central de trabalhadores Força Sindical entrou, dia 28 de maio de 2013, com uma ação na Justiça Federal de Brasília, pedindo a revisão do FGTS. A ação, que representa centenas de sindicatos filiados à Central com milhares de trabalhadores nas bases, reivindica perdas que chegam a 88,3%, devido à correção errada da TR.

Na ação, com pedido de liminar, a Central argumenta que os trabalhadores perderam bilhões, naquele período, com a manipulação do cálculo dos juros do FGTS.
Por exemplo, um trabalhador que tinha R$ 1.000 no ano de 1999, tem hoje com a correção errada da TR apenas R$ 1.340,47, sendo que os cálculos corretos indicam que a mesma conta deveria ter R$ 2.586,44. Isto é: uma diferença de R$ 1.245,97.

Desde 1999 o FGTS dos trabalhadores brasileiros está sendo corrigido de maneira errada. O confisco na correção chega a 88,3%. Só nos últimos dois anos, somam aproximadamente 11% de perda, na correção.

“Em 2000, a inflação foi de 5,27% e o governo aplicou 2,09% nas contas; em 2005, a inflação foi de 5,05% e aplicaram 2,83% nas contas; em 2009, a inflação foi de 4,11%, e as contas receberam só 0,7%. Desde setembro de 2012, a correção das contas tem sido de 0%”, alerta o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho.

O sindicalista recomenda aos trabalhadores que procurem os sindicatos para aderir ao processo. “Vamos cobrar na Justiça esta tunga no saldo do fundo de garantia dos trabalhadores”, afirma Paulinho.

Vale lembrar que um processo semelhante aconteceu em 2001, quando os trabalhadores ganharam ações na Justiça sobre as correções erradas dos planos Collor e Verão, e o governo teve que abrir negociação e pagar as correções.

64 comentários para,
Manipulação de correção do FGTS faz trabalhadores perderem bilhões de reais

  1. João Marcos Pinheiro

    é necessário a união dos trabalhadores brasileiros a reivindicarem urgentemente a revisão do FGTS, junto as centrais sindicais, fomos lesados, isso não pode acontecer, os nossos governantes só pensam neles, nos partidos para tirarem proveitos, os trabalhadores é quem paga o pato. Vamos a frente centrais sindicais buscar os nossos direitos.


    • Wanessa Moreira

      E os professores contratados, não teem direito ao FGTS?


    • Sinpro Goiás

      Professora Wanessa,
      O FGTS é direito de todo trabalhador e obrigação da empresa, e corresponde a 8% do total da remuneração, devendo ser depositado mensalmente em conta específica para cada trabalhador.

      Att,
      Sinpro Goiás


  2. marcos raimundo pereira

    vamos requerer o que e nosso por direito na justiça. chega de palhaçada ate quando seremos lesados.


  3. nelson sampaio

    isso ai e motivo de nos trabalhadores sair pra rua para reivindicar uma coisa que ja e nossa porque isso ai e uma sacanagem um roubo


  4. marcos

    o problema que o sindicato tem como função defender os direitos trabalhista dos trabalhadores,mas está cobrando 20% para entrar com o processo e mais os encargos de advogados que é mais uns 20%,pelo menos o dos metalúrgicos aqui de Bragança Paulista.


    • Sinpro Goiás

      Prezado Marcos, essa não é a prática do Sinpro Goiás. Inclusive, nosso Departamento Jurídico defende, sempre que possível, que as ações sejam do tipo Ação Civil Pública, a chamada ação coletiva, que por ser de iniciativa e em nome do sindicato, preserva a identidade dos trabalhadores interessados. Veja, em nosso portal, o exemplo da ação coletiva contra o Colégio Santo Agostinho (Sinpro Goiás requer a condenação do Colégio Santo Agostinho à Justiça do Trabalho)


    • Pedro Ferreira

      Prezado Marcos,
      Caso queira calcular o valor a que tem direito pela tese ora defendida do INPC em vez da TR para atualizar o FGTS a partir de 1999, tenho a planilha de cálculo (email pedroferreira55@hotmail.com).
      É que normalmente o interessado tem dificuldade em saber qual o valor que espera receber, se a demanda obtiver êxito.
      A planilha traz lado a lado, mês a mês, os cálculos pela TR, pelo INPC e a respectiva diferença.
      Isso para enfrentar a CEF, que costuma trazer só o resultado final que ela encontrou, sem mostrar a origem e a evolução mensal dos saldos.
      Se envolver até 60 salários mínimos, nem precisa de advogado para pedir na Justiça Especial Federal.


    • Pedro Ferreira

      Sobre meu post de 14/08/2013, esclareço que a plan ilha de cálculos envolve o custo de R$ 50,00 e ela vai em Excel aberta, na qual tem de digitar o saldo de 10/07/1999, os depósitos subsequentes, os depósitos em atraso, os saques etc., e ela calcula os valores JAM sozinha, sendo que na coluna da TR deve dar igual ao extrato CEF, indicando que digitou certo.


  5. Ceila Costa

    Quem não é filiado a nenhum sindicato pode entrar com a ação através de advogado particular? Ou somente o sindicato pode propor a ação?


    • Sinpro Goiás

      Ceila, o empregado que deseja pode entrar com uma ação trabalhista até mesmo sem um advogado, para fazer valer os seus direitos. Isto está prevista na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) desde 1943. O sindicato existe para defender seus interesses e seus direitos, incondicionalmente, seja você filiado ou não, e de forma mais eficaz.


  6. Como está essa ação? já houve sentença? qual o numero do processo para acompanhamento?

    Como está essa ação? já houve sentença? qual o numero do processo para acompanhamento?


  7. OSMAR AP.SOUZA

    Sou aposentado,trabalhei até dezembro de 2009.Quanto tempo eu tenho de direito a correção.Esta correção se aplica tambem na multa rescisória.


    • Sinpro Goiás

      Olá, professor Osmar. Por favor, nos passe o seu telefone, para que possamos entrar em contato com você o mais rápido possível. Cordialmente.


  8. Deivis

    Prezados Drs.
    É possível contratar um advogado particular e não aderir esta ação coletiva do sindicato?


    • Sinpro Goiás

      Olá, professor Deivis. Por favor, nos passe o seu telefone, para que possamos entrar em contato com você o mais rápido possível. Cordialmente.


    • Mauro

      Como que eu faço pra recorrer ao meu direito ?


    • Sinpro Goiás

      Olá, professor Mauro. Por favor, nos passe o seu telefone, para que possamos entrar em contato com você o mais rápido possível. Um cordial abraço.


  9. ademir gerber

    ****E um caso serio este governo, caixa e um banco estatal e lucra bilhoes de reais em cima do nosso fgts, empresta juros maiores e com prazos diferenciados para o correntista q geralmente e detentor de saldo de fgts…por ser empregado obviamente, e as correcoes nas contas do fgts e uma afronta, TR, quando deveria ser IPCA…Perdas acumulads desde 1999 chegam a 88,3% (fonte das centrais sindicais-cut) Esta central ja entrou com acao contra caixa na justica de Brasilia e, devemos buscar esta diferenca custe o q custar, abcs!!!!!


  10. carlos alberto

    trabalhei na mesma empresa no periodo de 99 a 2011 e gostaria de fazer parte desta retomada do que nos pertence por direito.


  11. Roney Vieira

    Prezado Sindicato
    Boa-tarde!

    Por obséquio e se possível, V. Sra., teria e poderia me enviar o modelo da inicial de correção do FGTS 1999/2013.
    Desde já agradeço-lhe pela preciosa atenção. Att. Roney.

    roneyadv@bol.com.br


  12. Edmilson

    como que fica o caso dos vigilante do estado de são paulo
    no meu caso eu trabalho na mesma empresa dasde 1999. e
    estou nela ate hoje o que devo fazer…


  13. Sidney

    Sim, devemos nos unir em mais uma tarefa, pois não é fácil dedicar a sua vida inteira para um Pais e nos sugarem mais e mais e em um ano trabalhamos 4 meses para o governo


  14. Sidney

    Sim, devemos nos unir em mais uma tarefa, pois não é fácil dedicar a sua vida inteira para um Pais e nos sugarem mais e mais e em um ano trabalhamos 4 meses para o governo


  15. Marcelo

    trabalho desde 2010 eu tenho direito tbm?


  16. jose carlos Rodrigues

    Ola1meu nome Jose Carlos.trabalhei em uma metalurgica de 2000 a 2008. gostaris de saber como faco para receber essas perdas.


    • Sinpro Goiás

      Olá, José Carlos. Infelizmente não podemos ajudá-lo, pois somos o Sindicato dos Professores, não atendendo à sua categoria. Sugerimos que procure o Sindicato que compreenda a sua classe.
      Cordialmente, Sinpro Goiás.


  17. josinei dos santos pinheiro

    ola meu nome josinei de 1999 a 2013 eu tinha mais ou menos 16000.00 mil reais como fazer o calculo desse valor


  18. Sandra Regina Duarte

    Boa noite! Meu nome é Sandra Regina trabalhei em várias empresas no ano de 1985/86; 2001 até 2012, atualmente estou trabalhando. Enfim, gostaria de saber se tenho direto de receber essas perdas e como faço. Desde de já agradeço.


  19. Carlos Augusto Pedrosa Lutterbach

    senhores,
    infelizmente esta é mais uma maracutaia deste desgovernos que estamos tendo no Brasil desde há muitos anos, onde só o trabalhador, que deveria ter seus direitos respeitados, são roubados escandalosamente todos os meses, na aposentadoria, no seu salário e agora no FGTS. E o pior de tudo é que o desgoverno dos trabalhadores, eleitos para defender o trabalhador, simplesmente se omite neste novo roubo.
    Gostaria de maiores e melhores informações à respeito, para que eu possa agir e receber o que me é de direito e orientar a colegas que foram lesados de como deverão proceder para tanto.
    Coloro meu telefone à disposição desta entidade e aguardo as orientações necessários.
    Meu telefone é (19) 992359243.
    Aguardo e agradeço.
    Vamos nos unir nesta luta e colocar este governo onde merece …


  20. Hélio

    Como fica a situação das empresas considerando que a multa rescisória é com base no saldo do FGTS, elas terão que pagar também a diferença da multa sob o saldo corrigido?


  21. andeson

    depois q eu retirar o extrato devo fazer o que, vc podem me ajudar. grato, anderson rocha 41 84486216


  22. john

    Servidores municipais e estaduais com regime de previdencia proprio, tem direito para ajuizar esse tipo de ação? ou somente para empresa privada com regime de previdencia geral (INSS)?


  23. Amilcar Rodrigo

    até quando podemos procurar o sindicatos ?


  24. CARLOS, DE SÃO PAULO

    TODOS NÓS FOMOS ENGANADO’I ‘ ÁGORA???!! ALEM DA DECEPÇÃO ; QUI PASSAMOS !!!! QUEMOS COM JUROS E CORREÇÃO… MAS ACHO QUE PATRÕES; EX: PATRÃO DEVE MUINTAS EXPLICAÇÕES OU AJUDEM NÓS NESSA MISSÃO.


    • CARLOS, DE SÃO PAULO

      SEM DÓ NEM PIEDADE FIZERAM DE NOSSA MORAL XÃO E SAPATO ! MAS VAMOS LA RECUPERAR , VAMOS JUNTOS COMPANHEIROS……..


  25. Paulo

    Como tenho que proceder neste caso pois trabalhei em uma empresa no período de 1999 a final 2008 e outra 2009 a 2013


  26. Ailson

    Material completo para a Ação FGTS, inclusive planilha de cálculo. ailsontenorio@yahoo.com.br


  27. Ailson

    Todo material necessário para a ação (planilha de calculo, inicial, jurisprudencias, etc) ailsontenorio@yahoo.com.br


  28. Pedro Ferreira

    Sobre meu post de 14/08/2013, esclareço que a plan ilha de cálculos envolve o custo de R$ 50,00 e ela vai em Excel aberta, na qual tem de digitar o saldo de 10/07/1999, os depósitos subsequentes, os depósitos em atraso, os saques etc., e ela calcula os valores JAM sozinha, sendo que na coluna da TR deve dar igual ao extrato CEF, indicando que digitou certo.


  29. rudnei dutra de abreu

    gente isso não pode ficar assim vamos sair as ruas na copa do mundo , e mostrar pro mundo o respeito que nossos governantes tem pelos cidadão brasileiro, isso e um absurdo roubaram a gente, e ainda vcs vão ver, vão querer parcelar, vocês vão ver só o pt quer privatizar o pré sal tb que é de todos nós, quando esse roubo vai acabar, antes da eleição eles falam uma coisa depois fazem outra, isso não pode ficar assim , vamos lutar pelo pagamento integral eu nunca vi roubo ser pago parcelado, que absurdo isso!


  30. Fernanda

    Boa noite, estamos elaborando as planilhas das diferenças. Quem tiver interesse, favor entrar em contato pelo email adv.fernanda@hotmail.com


  31. Alexandre

    Aqui tem um link pra download de uma planilha em excel GRATUITO. Só para termos uma base. http://ellenwother.blogspot.com.br/2013/10/programa-de-calculo-para-acoes-de-fgts.html


  32. Andreza Pires

    Pessoal, com relação aos valores da multa rescisória. Como devemos calcular o % que não foi pago?


    • Sinpro Goiás

      Olá, Andreza. O valor da multa rescisória é de 40%.Para obter informações mais detalhadas, por gentileza, ligue aqui na sede do Sinpro Goiás – (62)3261-5455. Um cordial abraço.


  33. fabricia klein

    Teria como me passar a tabela e o numero para contato para solicitar o ressarcimento do FGTS.


    • Sinpro Goiás

      Olá, professora Fabricia.
      O Sinpro Goiás propôs a ação em nome de toda a categoria, mesmo daqueles que não são sindicalizados à ele. Não há necessidade de propor uma ação individual, mas se for de sua vontade, é só vir à sede do sindicato, localizada na Av. Independência, Qd. 943, Lt. 33, n. 942, Setor Leste Vila Nova, Goiânia – GO, com a devida documentação.
      Att,
      Sinpro Goiás


  34. Victor Toschi

    Tirei meu extrato completo do FGTS e tenho a planilha. Porém no extrato há 3 colunas, na primeira vem escrito o crédito jam, na segunda vem um valor e na terceira outro. Gostaria de saber qual dos valores usar na tabela o da segunda coluna (que geralmente é baixo) ou o da terceira (que é o valor maior o qual vai acumulando)?


    • Sinpro Goiás

      Olá, professor Victor.
      O crédito é o depósito do mês, o Jam é juro e atualização monetária. O correto é somar os dois. O valor a ser usado é o resultante da soma de ambos. O FGTS é corrigido mensalmente. Se ainda permanecerem dúvidas, entre em contato conosco pelo (62) 3261-5455.
      Att,
      Sinpro Goiás


  35. Dr. Aulisson

    Olá! Disponibilizo material para inicial da Ação FGTS. Valores e maiores esclarecimentos escrever para lissonp@gmail.com.


  36. renato

    Quanto ao plano coloor e verão, na poupança, fiz o levantamento tinha dinheorop na poupança e não acho quem me pague?????? Mesmo com advogado???


    • Sinpro Goiás

      Renato, aconselhamos que você procure auxílio jurídico.
      Att,
      Sinpro Goiás


  37. Ligia

    Trabalho num colégio particular como professora desde 2013 até a presente data. Tenho direito a correção do fgts


    • Sinpro Goiás

      Olá, professora Ligia.
      O Sinpro Goiás propôs ação coletiva de correção de FGTS em nome de toda a categoria, mesmo daqueles que não são sindicalizados à ele. Não há necessidade de propor uma ação individual, mas se for de sua vontade, é só vir à sede do sindicato, localizada na Av. Independência, Qd. 943, Lt. 33, n. 942, Setor Leste Vila Nova, Goiânia – GO, com a devida documentação.


  38. Erlyene Dayane Moreira de Barros

    Gostaria de entrar com essa ação. Como devo proceder?


    • Sinpro Goiás

      Olá, professora Erlyene.
      O Sinpro Goiás propôs ação coletiva de correção de FGTS em nome de toda a categoria, mesmo daqueles que não são sindicalizados à ele. Não há necessidade de propor uma ação individual, mas se for de sua vontade, é só vir à sede do sindicato, localizada na Av. Independência, Qd. 943, Lt. 33, n. 942, Setor Leste Vila Nova, Goiânia – GO, com a devida documentação.


  39. QUERO TAMBÉM FAZER PARTE DESTA AÇÃO CONJUNTA, O QUE EU DEVO FAZER PARA PODER ENTRAR COM ESTA AÇÃO?

    QUERO TAMBÉM FAZER PARTE DESTA AÇÃO CONJUNTA, O QUE EU DEVO FAZER PARA PODER ENTRAR COM ESTA AÇÃO?


    • Sinpro Goiás

      Professor Vasconcelos,
      O Sinpro Goiás propôs ação coletiva de correção de FGTS em nome de toda a categoria, mesmo daqueles que não são sindicalizados à ele. Portanto, você já está incluso. Não há necessidade de propor uma ação individual, mas se for de sua vontade, é só vir à sede do sindicato, localizada na Av. Independência, Qd. 943, Lt. 33, n. 942, Setor Leste Vila Nova, Goiânia – GO, com a devida documentação.
      Att,
      Sinpro Goiás


  40. Izabel Lopes de Alencar

    Como saber sobre o FGTS? Fui na Caixa pedi para me enviar extrato mas nada.
    E se o patrão não deposita o que fazer? Como devo argumentar?


    • Sinpro Goiás

      Professora Izabel, comunique ao Sinpro Goiás, pois ele tem competência legal para tomar as medidas necessárias visando a regularização da situação.
      Quanto ao cálculo, por gentileza, ligue em nossa sede e contacte o departamento jurídico.
      Att,
      Sinpro Goiás


  41. Eliane de Fátima Oliveira

    Quero saber como está o andamento do processo de correção do FGTS. Grata


    • Sinpro Goiás

      Professora Eliane,

      O processo está sobre estado (parado) por determinação do Tribunal Superior de Justiça.

      Att,
      Sinpro Goiás


  42. Luciene Pereira de Sousa

    Caro sindicato
    Tenho a minha carteira assinada desde 1999 e até hoje estou trabalhando como pedagoga numa instituição escolar, com carteira assinada.
    Como faço pra ter os meus direitos?

    Obrigada.
    Luciene Sousa


// Deixe aqui seu comentário!

Obrigado por comentar!

botao_sindicalize-se-03

botao_sindicalize-se-03

Conae 2014

Conae 2014

Agenda Cultural

Agenda Cultural

Currículos

Currículos

Cálculo de Salários

Cálculo de Salários

escolas-denunciadas

escolas-denunciadas

calendário-escolar-2014

calendário-escolar-2014

Disc-Denúncia

Disc-Denúncia

rede-conveniada

rede-conveniada

Clube do Sinpro

Clube do Sinpro

Parceiros:

Ache um convênio!