Seja um(a) filiado(a) do Sinpro Goiás! Juntos podemos mais!

Colégio Máximo e Escola Maria Júlia comprometem-se a regularizar pagamentos de salários

A direção dos Colégios Máximo e  Maria Júlia, representada por Deusaide Stival Jardini e Weslhia Stival Faria, em reunião realizada na Superintendência Regional do Trabalho (SRT), juntamente com o Sinpro Goiás, ao dia 12 de junho corrente, comprometeu-se a quitar os salários de maio de 2013 até o dia 20/06/2013, bem como a regularizar os pagamentos, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias.

Tire suas dúvidas

  1. Rebeka

    O pagamento foi efetuado com atraso mesmo após se comprometerem perante ao Sinpro e há alguns professores sem recebimento referente ao mês de maio. Além disso, não consta nenhum depósito de pagamento de FGTS e atraso com o INSS, o mesmo é retirado do salário, porém não é repassado para seus devidos fins, causando uma grande dificuldade para a quitação quando os professores vão sair da escola, trazendo um constrangimento, desgaste e humilhação para o acerto total.

  2. Rebeka

    Deixo pela segunda vez um comentário sobre o não cumprimento desse acordo do Colégio Máximo e Escola Maria Júlia. Alguns professores e trabalhadores como limpeza, portaria e recepção não obteve o pagamento referente ao mês de maio. Não sei o motivo de não aparecer meu comentário anterior, mas isso é uma vergonha com os trabalhadores da escola.

Deixe aqui sua pergunta


*