Dia 15 de Março o Brasil é dia de paralisação nacional! Contra a Reforma da Previdência! Contra a Reforma Trabalhista! Por reajuste salariais dignos! Nenhum direito a menos!

Sinpro Goiás na luta contra a discriminação racial

 

 

image (28)

O SINPRO GOIÁS foi a primeira entidade sindical no Brasil a incluir em seus estatutos, no início dos anos 1980, uma Secretaria de Gênero e Etnia, medida acertada em face da composição majoritariamente feminina e diversificadamente étnica da categoria de professores das escolas particulares no Estado de Goiás.

A Lei nº 10.639, aprovada em 2003 e que altera Lei 9.294, a LDB nacional estabelece que nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira, incluindo-se em seu conteúdo programático o estudo da História da África e dos Africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política, pertinentes à História do Brasil.

Consideramos que o cumprimento dessas medidas é fundamental para a superação do racismo e toda forma de preconceito que atente contra o exercício pleno da cidadania, incluindo-se o exercício profissional docente.

 

 

Zilmarina Camilo – Secretária de Gênero e Etnia do SINPRO GOIÁS.