Seja um(a) filiado(a) do Sinpro Goiás! Juntos podemos mais!

Termo Aditivo celebrado garante, a partir de 1º de março, salário aula R$10,00 no mínimo

O Sindicato dos Professores do Estado de Goiás (Sinpro Goiás) informa que, conforme celebrou Termo Aditivo à Convenção Coletiva de Condições de Trabalho e de Reajustamento Salarial em fevereiro de 2014, com o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares do Município de Goiânia (Sepe), a partir de 1º de março/2015, os estabelecimentos de ensino (educação básica) da capital, sob nenhuma hipótese poderão contratar ou remunerar os seus docentes com salário aula inferior a R$ 10,00, sem prejuízo do índice que vier a ser negociado pelas partes.

_

Ex.: 20 h/a= R$ 1.050,00

_

Confira aqui, o Termo Aditivo na íntegra. Se a escola onde você leciona descumprir o termo, denuncie (0800 607-22427). Aqui o seu sigilo é garantido.

 

_

Sinpro Goiás – Sindicato de luta!

_

Jorn. FERNANDA MACHADO

Assess. de Imprensa e Comunic. do Sinpro Goiás

Tire suas dúvidas

  1. Sinpro Goiás

    Professor, precisamos saber se é ensino fundamental ou ensino superior. Caso seja do ensino fundamental, confira (aqui no site), o termo aditivo com Sepe é 13/16. Se for ensino superior, confira a Convenção Coletiva 2013/2015. Se persistirem dúvidas, entre em contato com o Dept.° Jurídico do Sinpro Goiás, em horário comercial. 3261-5455

  2. Joelma

    Sou professora do Ensino Fundamental I da Escola particular de Águas Lindas de GO e não recebi com aumento esse mês de março, esse termo não serve para nós professores de Águas Lindas GO?

Deixe aqui sua pergunta


*